Goianos assustados: assassinato de policial, assassinato de motorista de aplicativo, assassinato de torcedor

O governador Caiado gastou muito dinheiro com publicidade para dizer que a violência tinha acabado em Goiás. Fez até um mini-filme no estilo Tropa de Elite para exibir na televisão. Goiás seria um paraíso europeu, sem nenhum crime. Não é que se vê diariamente nos jornais. No segundo semestre, então, a coisa ficou feia pro lado de Caiado. Em setembro, o policial militar Walisson Miranda foi assassinado dentro de uma viatura da PM e até agora nada foi descoberto.

Em outubro, um estudante que trabalhava como motorista de aplicativo também foi assassinado a sangue frio. Fora os outros casos de assaltos e violência contra os motoristas. E agora, um torcedor do Goiás foi assassinado na saída do Serra Dourada por um Policial Civil.

Os goianos estão assustados. O secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, ainda está prestigiado no cargo. Caiado garante que o secretário não cai. Vamos ver…