Deputados do PSL usam dinheiro público para contratar advogados em causas particulares, diz Estadão

Reportagem publicada no jornal O Estado de S. Paulo nesta segunda-feira revela que dpeutados federais do PSL contrataram, com dinheiro público da Câmara, escritórios de advocacia que também prestam serviços para eles próprios em causas particulares. Os parlamentares do PSL foram eleitos com discurso de renovação na política e moralidade nos gastos públicos. 

Um exemplo: em março, Dayane Pimentel (PSL-BA) contratou o escritório Bahia & Teles para atuar na área criminal contra o vereador David Salomão (PRTB), de Vitória da Conquista. Ela acusou Salomão de imputar “fatos ofensivos à sua honra”. Dois meses depois, Dayane contratou o mesmo escritório, por R$ 16 mil, agora utilizando recursos públicos, sob alegação de que a firma prestou consultoria a ela sobre a reforma da previdência.