‘Sou inocente e vou defender a minha honra’, diz João Furtado, ex-presidente do Detran

O ex-presidente do Detran-Go, João Furtado, usou o perfil que mantém no Twitter para comentar a Operação Cegueira Deliberada, deflagrada pela Polícia Civil nesta quinta-feira e que o envolveu em mandados de busca e apreensão.

Furtado afirmou ser inocente e disse que defenderá a sua honra. Ele disse que como procurador do estado e ex-gestor público tem o dever de colaborar com a polícia e a Justiça, mas condenou a politização e espetacularização da operação.