Tensão: Otavinho Lage diz que CPI dos Incentivos Fiscais é mais política que técnica e voltar a criticar relator Humberto Aidar

O presidente da Adial Goiás,Otavinho Lage, disse em entrevista à jornalista Cileide Alves da rádio Sagres 730 que a CPI dos Incentivos Fiscais é mais “política do que técnica”.

Ele voltou a criticar o relator CPI, deputado Humberto Aidar (MDB), e classificou como inaceitável a não convocação  do presidente da Fieg, Sandro Mabel, para depor na comissão.