TJGO mantém Daniel Vilela no comando do MDB goiano e condena Adib Elias a pagar R$ 4 mil

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) reformou a decisão da 1ª instância que anulava a eleição do MDB em Goiás — o pleito foi disputado no início deste ano e resultou na reeleição do presidente da sigla, Daniel Vilela.

Além disso, a Justiça decidiu que o prefeito de Catalão, Adib Elias, autor da ação, pague R$ 4 mil referentes aos “custos processuais” do partido.

Adib liderou dissidência caiadora no MDB e acabou expulso da legenda por traição.

A informação foi publicada pelo Jornal Opção.