Concurso de Miss Goiás termina em barraco: candidatas denunciam jogo marcado e assédio sexual

O certame para a escolha da mais bela goiana terminou em barraco e ainda vai render muito pano para manga. Candidatas denunciam jogo marcado e assédio sexual. A miss Caçu, a jornalista Sara Prado, colocou a boca no trombone e fez acusações graves. O concurso foi vencido pela miss Goianápolis dia 25 de novembro último.

A organizadora do evento, Fátima Abranches, nega as acusações.

Leia a matéria completa na edição deste domingo do Jornal Opção:

Participantes do Miss Goiás denunciam “jogo marcado” e assédio no concurso