Anápolis: dezenas de obras foram entregues pelo prefeito Roberto Naves ao longo de 2019

Na esteira de uma dura e extensa crise econômica nacional, muitos municípios brasileiros padecem de falta de investimentos e políticas públicas que miram o bem-estar da população. Na contramão deste cenário, Anápolis desponta com a entrega, somente em 2019, de dezenas de obras, incluindo: novas, reformas e revitalizações. Todas as áreas foram contempladas, com ênfase para saúde e educação.

A soma dos investimentos é milionária e só são possíveis graças à gestão de recursos, confecção de projetos e a peregrinação em Brasília em busca de emendas parlamentares para tocar as obras. “Foi um duro início, com muitas dívidas que emperravam a máquina pública. Mas fizemos o dever de casa e hoje podemos estar numa situação incrivelmente melhor que a maioria dos municípios do País. Ano que vem também vamos comemorar bastante”, ressalta o prefeito de Anápolis, Roberto Naves.

Em se tratando de saúde, a queridinha é a UPA Pediátrica. Com investimento de R$ 1,6 milhão, a primeira unidade do Centro-Oeste e terceira do país, tem capacidade de atender 7 mil crianças e adolescentes por mês – em situações de urgência e emergência. De quebra, ainda desafogou o atendimento infantil da UPA localizada na Vila Esperança – diminuindo o tempo de espera para os demais pacientes.

Duas Unidades Básicas de Saúde também foram inauguradas este ano – a do São José/Jardim Petrópolis e Arco-Íris. Todas com equipes completas contando com dentistas, técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos.

Na educação, a ampliação da Escola Raymundo Paulo Hargreaves, juntamente à sua reforma, vai dobrar a capacidade de estudantes no Bairro Santo Antônio. Na mesma rua, foi entregue em julho deste ano, o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Amélia Jacob. Juntos vão poder atender até 900 crianças e adolescentes. No Residencial Pedro Ludovico, um espaço para outras 200 crianças também foi inaugurado no mês do aniversário da cidade, em julho. “Tudo isso são obras que estavam paradas desde 2016, mas por bem, por responsabilidade com o dinheiro público, finalizamos”, ressalta Naves.  Com uma estrutura de dar inveja, a primeira quadra poliesportiva do povoado de Branápolis será entregue nessa sexta-feira, 13.

Fomento do comércio e movimentação da economia nos bairros e até ponto para a criançada bater uma bolinha durante o dia – tão díspares, mas essas são algumas das serventias dos feirões cobertos. Este ano, foram inaugurados dois: Bairro de Lourdes e Reny Cury. Para se ter ideia, somente nesses, abrigam 165 feirantes. Obras contempladas pelo Programa Goiás na Frente, a Prefeitura de Anápolis assumiu o investimento após a troca de governo.

Lazer

Dezenas de parques e praças foram revitalizadas e construídas ao longo do ano de 2019. As mais emblemáticas e que estão na memória afetiva da população são o Parque da Matinha, Praça Bom Jesus e, em ainda este ano, o Central Parque Onofre Quinan. Muitas vezes como forma de compensação ambiental, ou seja, sem utilizar recursos públicos, outras tantas foram construídas e muitos bairros ganharam cenário novo: Arco-Verde, São João, São Sebastião, Parque Brasília, Jardim Itália, Vila Norte, Residencial Flamboyant, Vila Formosa, Jardim Alexandrina, distrito de Interlândia.

Sem contar com o Complexo Esportivo do Jardim das Américas que contém quadras de areia, peteca/badminton, campo de futebol, academia ao ar livre, pista de caminhada e arquibancada, parquinho e estacionamento.

Infraestrutura

Problemas considerados crônicos durante o período de chuvas, a drenagem e pavimentação da Avenida Fernando Costa e Pedro Ludovico trouxeram mais segurança e mobilidade para motoristas e moradores dessas regiões. A Avenida Brasil – cujo projeto foi elaborado em 2014 – também teve suas obras recentemente concluídas.

Sete vias importantes da cidade, com forte fluxo de transporte público, foram totalmente recapeadas e estão como um tapete: como exemplo a Ana Jacinta, na Vila Santa Maria de Nazaré e Rua Jovina de Melo Oliveira, no Setor Tropical.  Investimento de R$ 3 milhões.

A erosão da Vila Formosa, que ameaçava engolir ruas e casas da região da Avenida Federal, já não preocupa mais moradores. Feita de forma a canalizar toda a água que cai na região, são 90 metros de extensão, 16 degraus de queda d´água mais 845 metros de drenagem profunda.

Pontos importantes

Os Centros de Referência e Assistência Social (Creas) I  e II passaram por uma ampla reforma, beneficiando o atendimento aos usuários, assim como a reforma do Centro de Zoonoses – que conta com um centro cirúrgico moderno, além da Central de Assistência Farmacêutica de Anápolis (Cafa) que está numa unidade nova, com equipamentos modernos que ajudam a manter as propriedades dos medicamentos, além de impedir desperdícios.