Paulo Guedes compara funcionários públicos a parasitas

O ministro da  Economia, Paulo Guedes comparou nesta sexta-feira (7) funcionários públicos, que têm reajustes anuais de salário e estabilidade, a parasitas.

Ele comentava as propostas de reformas administrativas que o governo federal pretende enviar Congresso na próxima semana.

Guedes criticou os privilégios dos funcionários públicos, como a estabilidade no emprego e “aposentadoria generosa”. Para o ministro, devido a esses benefícios, não faz sentido reajuste anual de salários.

A declarações foram feitas na palestra que Guedes fez no seminário sobre o Pacto Federativo, na Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas.

Para Guedes, a carreira do funcionalismo público deve ser revista. Ele argumentou que a máquina pública federal, estadual e municipal não se sustenta financeiramente por questões fiscais.