Vanderlan não tem grupo político e faz política focado apenas em projetos pessoais, diz colunista do DM

A bem informada coluna Fio Direto, editada pela jornalista Sueli Arantes no Diário da Manhã, anota que o senador Vanderlan Cardoso deve ter se esquecido que, para se eleger, contou com o total apoio de Alexandre Baldy, inclusive com recursos do fundo eleitoral do Progessistas.

 
De acordo com Sueli Arantes, desde que se elegeu senador, Vanderlan constrói uma carreira pública solitária e sem formação de grupo político.
 
Ela arremata registrando que os adversários de Vanderlan dizem que ele faz política focado apenas nos seus projetos pessoais.
 
Faz sentido.