Rodrigo Maia vira alvo de claque que defende Bolsonaro nas redes sociais

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), virou alvo de bolsonaristas no Twitter nesta sexta-feira (28). Neste momento, as hashtags #MaiaGolpista, #MaiaVaiSerPreso e #MaiaTraidorDaPatria ocupam três dos 20 tópicos mais comentados na rede social, com mais de 112 mil tuítes.

Os ataques ocorrem em um momento de crise institucional entre o Executivo e o Legislativo. O desentendimento começou antes do carnaval com uma frase do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, afirmando que os congressistas fazem “chantagem” com o governo.

O clima belicoso ficou ainda pior após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) compartilhar um vídeo chamando militantes para uma manifestação contra o Congresso em 15 de março. Em live ontem, Bolsonaro mentiu, afirmando que o vídeo era de 2016, apesar de fazer referências à facada que levou, em 2018.