URGENTE Transporte coletivo de Goiânia vai parar a partir de terça (24)

Representantes de empresas de ônibus de Goiânia e representantes dos motoristas do sistema decidiram suspender a circulação dos veículos a partir de terça-feira (24). A excessão será o atendimento aos funcionários da saúde em linhas especiais para os hospitais.

As empresas alegaram que não têm ônibus suficientes para atender à determinação do governador Ronaldo Caiado (DEM) para que usuários trafeguem sentados para evitar a contaminação d0 Coronavírus.

Para atender a determinação de Caiado seriam necessários 3.125 ônibus. O sistema tem 1.285. Mesmo que a demanda reduza para 50 mil passageiros, a necessidade seria de 1.600 carros.

As empresas alegam falta de condições de atender à decisão judicial que determinação a colocação de todos os veículos em operação, pois cerca de 300 motoristas foram dispensados do trabalho, pois têm mais de 60 anos e são portadores de doenças crônicas.