Mitsubishi e Hyundai param linhas de produção em Goiás

As linhas de montagem da Caoa Hyundai e Caoa Chery, em Anápolis, e da Mitsubishi, em Catalão, foram suspensas  nesta segunda-feira (23), em atendimento às recomendações que visam frear a disseminação do coronvírus. Os teabalhadores foram dispensandos provisoriamente.

Segundo informou a montadora Caoa, o trabalho na unidade não tem data definida para ser retomado. Ao todo, na fábrica trabalham cerca de 1.300 pessoas.

A Mitsubishi comunicou que a fábrica em Catalão teve as atividades interrompidas por 60 dias.

Na unidade da Mitsubishi de Catalão atuam, ao todo, mais de 2 mil trabalhadores. Segundo a empresa, não houve demissões.

Ambas as montadoras informaram ainda não ter mais detalhes da suspensão temporária das atividades nas unidades em Goiás.  (Com infornações do Popular)