Cinco dias depois, Caiado não se manifesta sobre agressão a Cristiano Silva #mandaapurarcaiado

Cinco dias após a covarde agressão que o editor do Goiás24Horas, jornalista Cristiano Silva, sofreu de seguranças do Palácio daws Esmeraldas, o governo Caiado não se manifesta sobre a selvageria e ignora o episódio.

O silêncio sobre a agressão, documentada em vídeo e denunciada pela Associação Goiana de Imprensa, sugere cumplicidade do governador e sua equipe de seguranças, coordenada pelo Gabinete Militar.

Depois de agredido brutalmente pelos seguranças de Caiado, o jornalista Cristiano Silva registrou boletim de ocorrência na polícia e se submeteu a exame de corpo delito no Instituto Médico Legal de Goiânia.

Os advogados do jornalista preparam representação junto ao Ministério Público Estadual e ao Ministério Público Federal, além de pedirem providências à Polícia Federal e ao  Ministério da Justiça e Segurança Pública.

#mandaapurarcaiado