Briga que Caiado arrumou com Bolsonaro serve apenas para alimentar o ego do governador

A briga que o governador Ronaldo Caiado arrumou com o presidente Jair Bolsonaro serviu apenas para alimentar o ego do gestor goisao – e, portanto, não interessa aos goianos. Afinal, governo não briga com governo.

Como anfitrião, Caiado foi grosseiro com Bolsonaro ao obrigá-lo a limpar as mãos com álcool em gel antes dos cumprimentos protocolares.

Bolsonaro, humilde, não passou recibo do constrangimento e fez o que Caiado o obrigou.

A verdade é que o governador, como sempre arrogante e truculento, ao mesmo tempo esnobou e humilhou o presidente.

Isso pode prejudicar Goiás.