Sem ouvir entidades de empresários e sindicatos, Caiado decide manter isolamento horizontal em Goiás

O governador Ronaldo Caiado segue sendo Ronaldo Caiado.

Sem ouvir ninguém, ele anunciou nesta segunda-feira (13) nas redes sociais que pretende manter o isolamento social horizontal em Goiás depois do dia 19 de abril, data em que vence decreto de restrições por ele baixado para conter o coronavírus.

Caiado faz ouvidos moucos aos apelos das entidades de classe e vai massacrar os pequenos comerciantes e trabalhadores informais.