Lêda Borges propõe que idosos tenham horário exclusivo de atendimento em comércios durante a pandemia

Horário de atendimento exclusivo em comércios de Goiás durante o período de pandemia do novo coronavírus. É o que propõe a deputada estadual Lêda Borges em projeto de lei apresentado durante sessão remota da Assembleia Legislativa (Alego) desta quarta-feira (15). Objetivo, segundo ela, é garantir a segurança de idosos que são considerados grupo de risco da covid-19.

O texto determina que, enquanto durar os efeitos da pandemia, supermercados, hipermercados, mercearias, padarias, peixarias, açougues e estabelecimentos similares deverão estabelecer, todos os dias em que funcionarem, um horário exclusivo para atendimento dos consumidores com idade maior que 60 anos.

De acordo com a parlamentar, as duas primeiras horas de atividades dos mencionados estabelecimentos deverão ser destinadas exclusivamente ao atendimento a idosos.  Além disso, os serviços delivery também deverão priorizar o atendimento deste grupo.

“Sabemos que os idosos devem permanecer isolados. Porém, sabemos também que existem aqueles que não recebem auxílio de pessoas mais jovens, tendo que enfrentar o perigo quando precisam abastecer sua residência com alimentos. Os estabelecimentos descritos na proposta são aqueles que praticam atividade essencial, ligada a alimentação, logo, precisam tomar medidas que minimizem o contágio viral”, justifica.