Crime ambiental: vereador de Aruanã é flagrado com animais silvestres abatidos

O vereador Tiãozinho (PSDB) foi flagrado na manhã deste sábado (18) pela polícia ambiental de Aruanã com vários animais silvestres abatidos, o que constitui crime ambiental, punido com pena de detenção de seis meses a um ano e multa.

Péssimo exemplo de quem deveria, até pelo mandato popular que exerce, proteger o meio ambiente e zelar pela fauna do Rio Araguaia.