URGENTE Aparecida de Goiânia adota plataforma da Fieg e decide reabrir 82% do comércio a partir do dia 28 de abril

A prefeitura de Aparecida de Goiânia publica na próxima segunda-feira (20) decreto com mudanças nas orientações de para o enfrentamento pandemia do novo coronavírus (Covid-19). De acordo com informativo do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus Covid-19 divulgado neste sábado (18), as medidas para a prevenção da disseminação do vírus serão prorrogadas por mais 30 dias, mas com a retomada de 82% das atividades econômicas a partir do dia 28 de abril.

Segundo o Comitê, que é composto pela prefeitura, Câmara Municipal, Ministério Público, entidades empresariais e de moradores e outras organizações civis e de saúde, a retomada das atividades se dará caso os empresários “se comprometam a adotar todas as medidas sanitárias recomendadas pelas autoridades de saúde pública para evitar a proliferação do vírus”. As empresas deverão solicitar, a partir do dia 28, um alvará provisório de funcionamento a partir da plataforma eletrônica criada pela Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg). O sistema será divulgado e disponibilizado pela prefeitura.

Por outro lado, o Comitê informa que continuarão com as atividades suspensas locais como shoppings, campeonatos esportivos, eventos sociais e religiosos e outros que proporcionem aglomerações de pessoas. O regulamento e a relação com as atividades econômicas que poderão voltar a funcionar e as que continuarão fechadas constará no decreto municipal da próxima segunda-feira (20). Segundo o informativo, “para a reabertura gradual foram consideradas as medidas adotadas pela prefeitura de Aparecida, por meio da Secretaria de Saúde, que reforçam a capacidade de atendimento do sistema único de saúde no município”.

A prefeitura informa que implantou 30 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) com respiradores e 60 semi-leitos com oxigênio no Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP). Ao todo, atualmente, são 63 leitos de UTI exclusivos para o tratamento de pacientes com a Covid-19 e outros 53 leitos para as demais doenças. “O Comitê de Aparecida seguirá monitorando e seguindo as recomendações das autoridades de saúde e caso seja necessário poderá rever a qualquer momento suas decisões.” Até a sexta-feira (17), o município contava 12 casos confirmados de Covid-19, estando localizados em 8 bairros.