Festa polêmica: blogueira pisa no tomate e perde patrocínios

A decisão de reunir os amigos no sábado (24/4), em meio à pandemia do coronavírus, trará consequências financeiras para Gabriela Pugliesi. A influenciadora digital foi duramente criticada criticada por seguidores, artistas e, agora, por marcas parceiras.

Pressionadas por seguidores revoltados, duas empresas já se manifestaram sobre a suspensão do contratos com a influenciadora: a BAW, de vestuário, e a LivUp, de refeições saudáveis.