Bolsonaro atribui mortes da covid-19 à quarentena dos governadores

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta quarta-feira (29) que a imprensa precisa perguntar aos governadores  por que Estados que adotam medidas de isolamento social mais rígidas registram mortes pelo coronavírus. Ele citou nominalmente João Doria, de São Paulo.

“As medidas restritivas estão a cargo dos governadores e prefeitos. A imprensa tem que perguntar para o Doria porque que mais gente está perdendo a vida em São Paulo. Tem que perguntar a ele, que tomou todas as medidas restritivas que achava que tinha que tomar”, disse.

Bolsonaro fez a afirmação na saída do Palácio do Alvorada, residência oficial da Presidência. Na terça-feira (28), repórteres questionaram o presidente no mesmo local sobre o recorde de mortes (474) pela doença em 24 horas registrado no dia. O presidente respondeu: “E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê?”

Desta vez, Bolsonaro acrescentou que não adianta a imprensa botar na conta dele as questões que “não cabem” a ele. “Não adianta a Folha de S.Paulo, a Globo aí, que fez uma machete mentirosa, tendenciosa, querer botar a culpa em mim”, disse.