Gustavo Sebba repudia política de corte de incentivos fiscais do governo Caiado

O deputado tucano Gustavo Sebba (PSDB) repudioi a política de corte de incentivos fiscais do governo Caiado.

Segundo ele, Caiado tem afugentando indústrias instaladas em Goiás para outras unidades da federação, provocando um aumento do desemprego.

“Essa pandemia tem trazido prejuízos econômicos, mas os milhares de empregos perdidos não têm a ver com o novo coronavirus em si, mas com a incompetência do governador Ronaldo Caiado, que é mal assessorado e não tem feito nada para reverter o problema. Esse momento é de apoio ao empresário, e o governador está fazendo o inverso. Peço que ele revise essa política de corte de incentivos, ou vamos perder mais empregos e receita”, disse.

Gustavo Sebba citou, como exemplo dessa fuga de indústrias para outros estados, a recente  transferência da produção de sorvetes da Creme Mel para Pernambuco, resultando, segundo ele, em mais de mil demissões em Goiás. Outras marcas citadas pelo deputado que anunciaram demissões foram a Mitsubishi, com sede em Catalão, e a Piracanjuba, indústrias de laticínios.