Coronavírus: Aparecida realizará testagem em 1,2 mil pessoas de forma aleatória

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, anunciou nesta segunda-feira (4/5) que a Secretaria Municipal de Saúde da cidade vai começar a realizar ainda nesta semana a testagem do novo coronavírus em 1,2 mil pessoas em diferentes regiões do município.  Segundo o prefeito, o levantamento ajudará a ter uma visão de como a covid-19 está agindo em Aparecida. “Poderemos ter uma visão global dentro da cidade”, disse durante entrevista realizada por meio de videoconferência. Gustavo Mendanha ressaltou que os testes serão feitos de forma aleatória nas pessoas, que serão escolhidas por meio de sorteio. Será realizado tanto o teste sorológico como também a aplicação de um questionário para tentar identificar como as pessoas contraíram a doença.
Por meio de uma portaria, a prefeitura de Aparecida autorizou a flexibilização das medidas de isolamento. Foi autorizada a abertura de pouco mais de 80% dos estabelecimentos comerciais e industriais da cidade. Segundo o prefeito, a medida foi aprovada após a realização de estudos técnicos e projeções estatísticas feitos pela Secretaria Municipal de Saúde.
Gustavo Mendanha informou que as medidas poderão ser endurecidas. Segundo ele, o termômetro para tomar a decisão será a ocupação dos leitos hospitalares. “Temos 9% dos leitos de UTIs ocupados por pacientes da covid-19”, disse. Caso a cidade atinja 100% de ocupação uma nova portaria será publicada proibindo novamente o funcionamento do comércio.
O prefeito também destacou outras medidas que estão sendo feitas para combater o novo coronavírus na cidade. Entre as ações está a contratação de 700 profissionais da saúde, estruturação de 30 leitos de UTIs novos para casos de covid-19 e a contratação de mais 13 leitos de UTIs. Para minimizar os efeitos na área econômica, Gustavo destacou a diminuição de alíquotas, prorrogação de impostos. Segundo ele, também está sendo avaliada a criação de um fundo soberano visando gerar financiamento ao setor produtivo para capital de giro com juros zero.
Na parte social, foi feita a reabertura do Restaurante Social, que oferece refeições a custo de R$ 2, e a distribuição de mais de 30 mil cestas básicas, além da aquisição de 120 mil máscaras de pano para população com dificuldade de acesso ao produto.
Segundo boletim epidemiológico divulgado na tarde desta segunda-feira (4) pela Secretaria de Saúde da cidade, Aparecida conta com 62 casos confirmados. Foram registrados dois óbitos pela doença e 24 pacientes já se recuperaram do Coronavírus. A cidade ampliou a testagem desde o dia 22 de abril, após a contratação pela prefeitura dos serviços de um laboratório privado. O município saltou de 15 exames por semana, para mais de 250. Com isso, houve um aumento do número de casos negativos e positivos.