Reprovação ao governo Bolsonaro ultrapassa os 50% pela primeira vez desde a posse, aponta pesquisa

Após semana agitada, o governo do presidente Jair Bolsonaro não parece ter saído ileso na opinião pública. De acordo com uma pesquisa divulgada pela XP Ipespe nesta segunda-feira, 4, a avaliação negativa sobre o Executivo cresceu sete pontos, passando de 42% para 49%.  Com a margem de erro de 3,2 pontos, o percentual negativo pode ser de até 52%, maior desde o inicio do governo.

Entre os que consideram o governo bom ou ótimo houve variação, nos critérios do instituto, passando de 31% para 27%.

A última pesquisa do instituto havia sido divulgada no dia 24 de abril, quando o então ministro da Justiça, Sérgio Moro pediu demissão. Para esse levantamento, foram realizadas 1.000 entrevistas de abrangência nacional, nos dias 28, 29 e 30 de abril.

Para o restante do mandato, houve movimento semelhante, com aumento da expectativa negativa, de 38% para 46% e queda na expectativa positiva, de 35% para 30%.

Demissão de Moro

A pesquisa perguntou aos entrevistados sobre os efeitos da saída de Moro do governo. Para 67%, a ausência do ministro irá resultar em impactos negativos. Sobre o novo ministro da Justiça, André Mendonça, empossado na última semana, 69% dizem acreditar que o trabalho dele terá interferências do presidente, enquanto apenas 19% esperam por atuação independente.