Aécio Neves apresenta PEC que propõe adiar eleições municipais para 2022

O deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) apresentou uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que transfere as eleições municipais para 2022 e prorroga o mandato dos prefeitos e vereadores, unificando o pleito municipal à votação para presidente, governadores, deputados federais e estaduais.

O tucano alega como motivo a pandemia de coronavírus e propõe ainda que, sem eleições este ano, os recursos do Fundo Eleitoral sejam destinados para o combate a covid-19.

O texto vai além da unificação das eleições em 2022. Aécio propõe o fim da possibilidade de reeleição para cargos Executivos a partir de 2026 e estabelecimento de um mandato único para estes pelo período de cinco anos.

E coloca ainda que o terço de vagas que estará disponível para o Senado em 2022 não terá o mandato de oito anos, mas sim de quatro, unificando todos os mandatos da Casa.