Fiscais do Trabalho interditam planta de abate da JBS por desrespeito às medidas de combate ao coronavírus

Auditore fiscais do Trabalho vinculados ao Ministério da Economia interditaram uma unidade de processamento de frangos da JBS em Ipumirim (SC) na sgunda-feira (18). Inspeção apontou “graves irregularidades” no combate à transmissão do coronavírus entre funcionários.

Durante a fiscalização, auditores depararam-se com empregados da fábrica que testaram positivo para coronavírus e que contuavam trabalhando normalmente, mesmo com atestado médico para seu afastamento. O frigorífico registra cerca de 86 funcionários com teste positivo para o novo coronavírus em um universo de 1.500 pessoas que trabalham no local.

Além disso, pelo menos 40 funcionários que pertencem ao grupo de risco estariam em atividade na fábrica.

Outras irregularidades constatadas pela fiscalização foram a ausência de distanciamento mínimo entre os trabalhadores, falta de equipamentos de proteção adequado e ausência de vigilância para controle da transmissão do vírus.