EXCLUSIVO Preso contaminado pela covid-19 é devolvido ao Hugo por falta de equipamento de proteção no Complexo Prisional de Aparecida

Após o início de uma rebelião no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia no dia 3 de maio, um dos detentos ficou ferido e passou por uma cirurgia no Hospital de Urgências de Goiania(Hugo).

O problema é que ele contraiu Covid-19 no hospital e mesmo assim foi devolvido ao complexo Complexo Prisional, que por sua vez nao o aceitou: “Não temos equipamentos de proteção”, disseram os gestores do complexo.

“Para se ter idéia, no sistema de carceragem do Hugo, três servidores ja testaram positivo para o coronavírus. No caso do Complexo Prisional, para aceitar um detento neste estado, o governo precisa primeiro estruturar. Não tem como realizar quarentena lá: os servidores são os primeiros a ficarem em risco” protestou Maxsuell Miranda, presidente do Sindicato dos Servidores do Sistema de Execuçao Penal.

No Hugo, o detento contaminado foi recebido em uma redoma (veja a foto).