Aparecida de Goiânia: prefeitura entrega cobertores para pessoas em situação de rua em

A população em situação de rua de Aparecida de Goiânia tiveram uma atenção especial na manhã desta sexta-feira, 29. Isso porque as equipes da Secretaria de Assistência Social de Aparecida distribuíram cobertores nos lugares mais frequentados por pessoas nessa situação, com o objetivo de levar um pouco de dignidade a elas.

A ação é realizada todos os anos nessa época que antecede o inverno e que as noites já começam a ficar mais frias. Neste ano, a distribuição foi realizada em três pontos diferentes, sendo eles no Jardim Nova Era, na Praça da Matriz, no Centro de Aparecida e na região do Garavelo. Também foram distribuídos kits de proteção contra o coronavírus contendo: sabonete líquido, três máscaras faciais e álcool em gel, além de café da manhã e almoço.

Segundo a secretária de Assistência Social e primeira-dama Mayara Mendanha, o trabalho de acolhimento de pessoas em situação de rua é realizado de forma constante no Centro POP, no Setor dos Afonsos, mas muitos moradores em situação de rua não conhecem o local, por isso há a distribuição nas praças e pontos onde ficam concentrados durante o dia.

“Por isso optamos de ir onde elas ficam concentradas, desta forma podemos atingir um número maior de moradores, levando um pouco de dignidade à elas. Viver nas ruas quase nunca é uma escolha que se toma. A maior parte das pessoas que chegam a esta situação, não estão nela por vontade própria, mas por algo não planejado, e quando vem o frio, sofrem muito, principalmente de madrugada”, destacou Mayara Mendanha.

A superintendente de Assistência de Proteção Social Especial Vânia França também acompanhou a equipe de técnicos da secretaria e aproveitou a oportunidade para falar de todos os atendimentos que estão disponíveis no Centro POP de Aparecida, que fica no Setor dos Afonsos, próximo à Vila Brasília. “Documentos, atendimento médico, odontológico, internação, máquina de lavar roupa para higiene, almoço, banho, lanche, oficinas, assessoria jurídica e roda de conversa com o apoio de profissionais são algumas das ações disponíveis”, pontuou.