Gustavo Sebba: “Caiado mente, trai, rouba e não faz”

Em artigo publicado no site nacional no Brasil247, o deputado Gustavo Sebba (PSDB) diz que o governo Caiado “mente, trai, rouba e não faz”.

Leia a íntegra do artigo de Gustaco Sebba no Brasil247:

 

“Caiado mente, trai, rouba e não faz!

O Brasil precisa saber o que está acontecendo em Goiás. Após a implacável perseguição a servidores públicos da Agência Goiana de Infraestrutura-Goinfra, o presidente do órgão, Pedro Sales, em sua incansável briga contra os fatos e a verdade, ataca agora gratuitamente a jornalista Cileide Alves em função de artigo publicado em O Popular. A tática de atacar o mensageiro para desviar a atenção da mensagem hoje é manjada pelos goianos, pois foi por ela que esse grupo chegou ao governo e Sales, à Goinfra.

A mentira sempre foi a principal arma de Ronaldo Caiado e sua turma , pois ela foi usada sem limites por ele na campanha de 2018 , e hoje Caiado ainda sustenta seu governo medíocre com mentiras e acusações sem provas ! Além de mentir para o povo goiano sobre a real situação do estado. Trai o povo goiano, assim como trai que o apoiou na campanha eleitoral. Trai os eleitores que acreditaram nas mensagens da “nova política”, quando ele encarna a velha política descaradamente. Trai o presidente Bolsonaro, quando o vê perder popularidade.

Mas o povo goiano já percebeu embuste é enganação deste goiano que se move pela vaidade exarcebada e perseguição odienta a jornalistas e adversários políticos. Por causa disso, sua popularidade despencou. Nas redes sociais é hostilizado e não pode sair do Palácio, onde ostenta cafés da manhã nababescos e festas, com medo de ser vaiado. Está isolado. Brigou com servidores públicos, com aliados de primeira hora, com os empresários e com prefeitos, a quem não ajuda nem dialoga. Se comporta como ditador e virou as costas para a sociedade.

Sobre as rodovias, o governo anterior encaminhou a deputados detalhado relatório fotográfico mostrando as condições em que recebemos, em 2011, a malha rodoviária e como a entregamos em 2018, totalmente recuperada.

Agora, as rodovias estão detonadas.

Ao contrário deste governo, que vive a culpar a gestão anterior para esconder sua incompetência, os governos do PSDB olharam para o futuro, não fugiram de sua responsabilidade e trabalharam muito para construir e reconstruir rodovias.

Criamos o Fundo de Transportes e o Programa Rodovida, instrumentos que nos deram condições de reconstruir 6 mil km de rodovias, pavimentar outros 5 mil km, duplicar 350 km e iluminar 200 km. O atual governo errou ao paralisar a Goinfra, colocar parentes como presidentes e trocar seu comando três vezes em um ano. Mais grave: não cuidou dos projetos para dar continuidade ao trabalho iniciado nos governos do PSDB.

A gestão atual encostou a maioria dos colaboradores responsáveis pelas obras do governo anterior; importou diretores de outros Estados – pessoas que não sabiam sequer onde ficava Goiás. Focou a gestão em forjar provas e sindicâncias numa tentativa desesperada de macular nossas administrações.

Não encontraram nada e começaram a brigar com os fatos, a ponto de Sales mandar anular relatórios de sindicâncias por não terem apontado nenhuma irregularidade que servisse à seu repertório de acusações sem provas .Mas isso não cessou: Sales e outros setores do governo continuam encomendando “relatórios” para criar factoides que possam “substanciar” operações como a do aeroporto de Mambaí . Nessa famigerada operação , Sales , propositadamente e de forma criminosa , não encaminhou o processo completo que resultou naquela operação sem fundamento , pois ele escondeu o fato mais importante do processo , que foi o governo Marconi que identificou as possíveis irregularidades nessa obra e tomou a tempo e hora todas as providências legais cabíveis , para sanar as irregularidades , e punir eventuais responsáveis. Outra operação midiática desse governo foi a efetuada aquela o ex-prefeito de Catalão Jardel Sebba, essa também sem fatos concretos e sem contemporaneidade.

Em um ano e cinco meses, Caiado nada fez. Ao contrário, desmontou os programas sociais, desmantelou a Universidade estadual, expulsou indústrias de Goiás, persegue impiedosamente o funcionalismo e deu calote nas dívidas. Mesmo assim,  nenhum tijolo foi colocado em um município sequer. Todas as obras estão paradas. Goiás está em marcha à ré.

A população de Goiás não é boba e já percebeu essa estratégia. Nossa valorosa Polícia Civil e o Poder Judiciário jamais embarcarão nessa tática de indução ao erro por “relatórios” e acusações infundadas. Se as obras executadas pela Agetop não foram de boa qualidade e as contratações serviram para enriquecer alguém, como Sales explica a recondução de toda a equipe que serviu ao nosso governo e que foi responsável, junto com a antiga diretoria, por tudo o que fizemos?

Os atuais responsáveis pelo setor de Licitações, pelas diretorias de Manutenção, de Obras Rodoviárias e Gestão e Planejamento são os mesmos que trabalharam em funções semelhantes na Agetop. Eram os responsáveis pelas licitações, contratações, supervisão e acompanhamento da execução das obras, bem como na validação da qualidade dos serviços e por atestar as medições para pagamento.

Se houve enriquecimento de alguém na Agetop, como levianamente afirmou Sales , ele deveria apontar quem enriqueceu , pois isso só poderia ter ocorrido através de licitações dirigidas e/ou na execução de obras. Com tais afirmações, Sales está acusando sua atual equipe de ter participado ou sido conivente com ilícitos? É impossível que, em processos transparentes como os que executamos, alguém pudesse se beneficiar sem a cumplicidade e/ou participação da estrutura de contratação e execução de obras. A realidade é que nossos governos economizaram mais de R$ 1,5 bilhão em contratações.

A incoerência de Sales e Caiado é tamanha que, ao acusar o governo anterior, ele acaba dizendo o mesmo contra sua atual equipe. Se esses colaboradores foram desonestos, por que foram reconduzidos e até promovidos pelo atual governo? Ao reconduzir , como fez , a competente e honesta equipe que montamos aos postos em que hoje estão, Sales, na verdade, reconhece publicamente a lisura do nosso trabalho.

Nós, goianos, esperamos que esse governo recupere o tempo perdido, passe a fazer a manutenção preventiva e corretiva de nossa malha, paralisada há 18 meses. Rodovia alguma resiste a isso. Que o governo Caiado retome a infinidade de obras que foram paralisadas no início de 2019, muitas com recursos de financiamentos em caixa, com o Estado pagando juros aos bancos.

Faço uma sugestão: se eles querem mesmo falar em honestidade, peçam a quem de direito no governo que ele representa , que façam o mesmo que estão fazendo com assuntos relacionados ao governo passado: encaminhe à delegacia que criaram , os casos suspeitos de corrupção surgidos a partir de 2019. Será que essa delegacia só foi criada pra investigar os governos do PSDB ? Peçam para que investiguem os fatos que causaram a demissão das diretorias da Codego e da Goiás Parcerias; as compras de kits de testes do coronavírus na SES , de álcool gel na Seduc, de máscaras pela Agência Prisional e os editais, suspensos pelo TCE por suspeitas de direcionamento, no Ipasgo, Detran e na Agecom, além das contratações de OSs e compra de insumos para a saúde, esses com recursos federais.

Mas com certeza Caiado não mandará “sua polícia” investigar nada,  pois de um governador que traiu os  companheiros que ajudaram a elegê-lo , a começar do presidente da república , jamais poderemos esperar atitudes sérias e comprometidas com a transparência e honestidade !

Goiás e o país vivem momentos de uma crise sem precedentes na área da saúde . É triste mas ao que tudo indica o pior dessa pandemia ainda está por vir . E no pós-pandemia , os desafios serão imensos. Precisaremos de um verdadeiro líder para guiar nosso estado e fazer com que possamos  voltar a crescer , gerar empregos e oportunidades de investimentos. São crises como essa que estamos vivendo que revelam os grandes e verdadeiros líderes, e Caiado com seu pensamento pequeno e rasteiro está deixando passar sua oportunidade. E  se investigarem com rigor os processos citados acima, a conclusão é que este governo mente, trai, rouba e não faz!”