(Teatro da Pandemia) Caiado e Bolsonaro trocam juras de amor em Goiás: “Morreremos amigos”

O governador Caiado e o presidente Bolsonaro, pelo menos publicamente, deixaram para trás as rusgas deste ano. Caiado chegou a dizer que só se comunicaria com Bolsonaro via documentos oficiais. Nesta sexta-feira, em Águas Lindas, os dois trocaram juras de amor e se disseram amigos até a morte. Seria apenas um teatro em tempos de pandemia?

“Depois de ouvir o Caiado, me animei. Com suas palavras amáveis e verdadeiras, me tocou. Sempre fomos amigos e morreremos amigos. Afinal de contas, isso começou lá atrás. Quando você sequer sabia que eu existia, te vi num carro de som, na região da Cinelândia, no Rio de Janeiro, disputando a Presidência da República. Confesso que você me emocionou naquele momento e me identifiquei muito contigo”, afirmou Bolsonaro.