Leopoldo de Bulhões: prefeito decreta isolamento total da cidade

Com 22 casos confirmados de Covid-19 na cidade e alertado pelo Ministério Público, o prefeito de Leopoldo de Bulhões, José Alécio, decretou isolamento total e fechamento de atividades por um período de 14 dias a partir de domingo, 7.

Pelo decreto baixado nesta sexta-feira (5), só poderão funcionar as seguintes atividades: farmácias, postos de combustíveis, laboratórios de análises clínicas, unidades de saúde, supermercados, casas agropecuárias, funerárias e instituições financeiras. O restante das atuvidases tem o fechamento decretado.

Os restaurantes em estradas poderão funcionar no sistema de delivery. O prefeito decretou, ainda, a proibição de festas e comemorações sobre pena de multa no valor de R$300,00.

A ordem do prefeito da cidade obriga o cumprimento da quarentena domiciliar e estabelece multa a quem sair de casa, sem necessidade.
“Fica determinado que todas as pessoas deverão permanecer em casa, somente saindo em caso de extrema necessidade para aquisição de produtos em mercados, farmácias ou unidades hospitalares sempre usando máscaras faciais sob pena de notificação e aplicação de multa no valor de R$100,00 por infração cometida”, diz o decreto.