Bolsonaro chega sem máscara ao Comando de Artilharia do Exército, em Formosa

Decreto publicado pela Prefeitura de Formosa afirma que o uso de máscara na cidade é considerado obrigatório para tentar evitar a contaminação por coronavírus. Quem descumpre a medida pode ser multado em até R$ 100.

A previsão era que Bolsonaro fosse acompanhado do ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, o ministro do GSI, Augusto Heleno, e o Comandante do Exército, Edson Pujol.

Durante inauguração do primeiro hospital de campanha do governo federal, na sexta-feira (5), em Águas Lindas de Goiás, o presidente anunciou a visita. Ele também convidou o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) para ir ao local, mas o goiano ainda não foi visto no Comando de Artilharia do Exército. (Com informações do G1)