CaiadoGATE é escândalo grave e precisa ser esclarecido pelo governador

O governador Caiado pode até tentar disfarçar e apenas fingir que nada aconteceu; só que o escândalo do CaiadoGATE é grave demais e merece esclarecimentos sérios por parte do Palácio das Esmeraldas. O primo do governador, Jorge Caiado, que tem influência conhecida na Polícia Militar, denunciou em áudio que o agora ex-secretário Rodney Miranda tem costume de grampear telefones e ainda teria recebido R$ 1 milhão do Corpo de Bombeiros.

No sábado (7), Rodney pediu demissão. O ex-secretário, claro, nega todas acusações e anunciou que vai processar Jorjão, que confirmou ser ele mesmo no áudio. Deputados, o senador Kajuru e outras lideranças saíram em defesa de Jorjão. O movimento mostra que Rodney não era muito querido dentro do governo. Vale lembrar que em 2005, quando era secretário de Segurança no Espírito Santo, Rodney foi demitido num escândalo de arapongagem na Rede Gazeta.

Caiado permanece em silêncio sobre o escândalo, já chamado de Watergate do Cerrado.