Luiz do Carmo entra na mira do STF depois de pedir o impeachment de Alexandre Morais para bajular Bolsonaro

Os olhos do STF voltaram-se para as ações do senador goiano Luiz Carlos do Carmo (MDB).

O irmão do pastor Oídes do Carmo, chefe da Assembleia de Deus em Goiás, entrou com pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes.

O senador comprou briga com a suprema corte e pode pagar um preço alto.

A vida da família estaria sendo passada a limpo e a retaliação pode vir em breve.

Carmo brincou com fogo. Quando se compra uma briga de cachorro grande, deve-se ter em consciência que a resposta pode ser dura.