Cláudio Meirelles questiona presidente do STF, que revogou liminar que suspendeu a reforma da previdência estadual

“Foram concedidas pela Justiça goiana seis liminares suspendendo a PEC da previdência do governador Ronaldo Caiado.
Sobre as liminares, três ações judiciais foram por mim interpostas e três por entidades classistas.
Dessas liminares, cinco foram concedidas por juízes de primeiro grau e a última liminar foi concedida pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça (reunião de vários desembargadores).
Pois bem: um só ministro chamado Dias Toffoli revogou  todas essas liminares.
Como pode um só magistrado ir na contra mão de toda a Justiça goiana, onde vários magistrados goianos têm o mesmo entendimento jurídico e somente o ministro Dias Toffoli tem a divergência?
Que justiça brasileira é essa,  que um só ministro do STF tem poderes para  prejudicar mais de 100 mil servidores do Estado?
Começo a perceber que muitos brasileiros tem razão ao criticar o STF.
Deputado Cláudio Meirelles”