Defenestrado da Secom, Marcos Silva escreve carta de agradecimento, mas não cita Caiado

O ex-secretário estadual da Comunicação, Marcos Silva, divulgou carta de despedida e agradeceu a equipe que trabalhou com ele nos seis meses no comando da pasta.
Ele, porém, não citou o governador Caiado.
Marcos Silva foi rebaixado e agora será chefe de gabinete do secretário-geral da Governadoria, Adriano Rocha Lima.

Confira a carta na íntegra:

Em mais de seis meses à frente da Secretaria de Estado da Comunicação, implantamos um trabalho que gerou excelentes resultados para a imagem do Governo de Goiás. Com campanhas e estratégias, fizemos com que Goiás fosse, por muito tempo, o líder em isolamento social no País, evitando, assim, milhares de mortes de goianos devido à Covid-19. Ações estas que também fizeram com que o governo Ronaldo Caiado recebesse mais de 70% de aprovação tanto em sua gestão como um todo como também no combate ao novo coronavirus. Agradeço muito a oportunidade a mim concedida pelo governador para gerir a comunicação do Estado. E faço votos para que ele consiga sempre ter sucesso em sua gestão. Aproveito também para agradecer e muito o empenho de toda a equipe da Secom, que trabalhou de forma fantástica mesmo com todas as dificuldades enfrentadas durante à pandemia. Agradeço, por fim, o apoio e o companheirismo de cada colega de pasta durante estes seis meses. Um abraço fraterno a cada um!
Marcos Silva