Com quase 4 mil casos de covid-19, prefeito libera geral comércio, academias, restaurantes e lanchonetes de Rio Verde 

O prefeito de Rio Verde Paulo do Vale assinou nesta sexta-feira (19) decreto que libera, por 14 dias, o funcionamento do comércio no município. 
 
Com a medida, poderão funcionar supermercados, restaurantes, lanchonetes, academias, escolas de música, de idiomas e de cursos profissionalizantes. 
 
Segundo o gestor municipal, a reabertura só será possível porque houve estabilização da pandemia na cidade nas últimas semanas. 
 
“O reflexo que nós vamos ter a partir da semana que vem com esse isolamento praticamente acima de 50%, vai ser o declínio do número de casos em Rio Verde. Essa semana nós teremos mais de 2 mil pessoas curadas, que são aquelas que não têm mais o vírus, não vai transmitir mais o vírus e também não vai ser infectado. Acredito que até na terça-feira (23) nós teremos um balanço muito positivo”, afirma. 
 
No último dia 11 de maio, o prefeito endureceu as medidas e anunciou o fechamento total do comércio, por conta da queda no índice de isolamento social no município e o aumento do número de casos. 
 
 A empresa BRF, que teve 60% dos trabalhadores contaminados pelo vírus e que voltaria aos trabalhos nesta sexta (19), retomará as atividades com somente 50% dos funcionários na segunda-feira (22).
 
Segundo último boletim da SMS, Rio Verde possui 3.884 casos confirmados de Covid-19, 18 óbitos e 215 recuperados. O município possui ainda 3.646 casos suspeitos. Na rede pública, a ocupação dos leitos de UTI está em 27,6%, e de enfermaria 42,8%. Na rede privada, os índices estão em 100% e 68,5%, respectivamente.