Entidade recorre contra liminar que impediu reabertura de shoppings na capital

O SecoviGoiás impetrou agravo de instrumento com pedido de efeito suspensivo contra a decisão proferida pelo juiz plantonista que suspendeu a reabertura dos shoppings centers em Goiânia.

Segundo o SecoviGoiás, também foi apresentado um pedido de reconsideração ao juiz de primeiro grau que irá conduzir o caso.

Entre as alegações apresentadas estão os impactos econômicos do estabelecimentos fechados e as medidas adotadas para conter o avanço da Covid-19.