Curto circuito: perdão fiscal a produtores rurais gera desconforto entre Caiado e Assembleia

O governador Ronaldo Caiado comprou briga com a Assembleia Legislativa ao assinar decreto declarando inconstitucional lei que foi aprovada pelos deputados da situação e oposição que concede perdão fiscal de R$ 1 bilhão a produtores rurais.

A matéria, de autoria de Amauri Ribeiro, havia sido vetada pelo governador, mas os deputados derrubaram o veto.

O sentimento na Assembleia é que Caiado passou dos limites e interferiu na autononia do Poder Legislativo ao determinar que os órgãos estaduais ignorem a lei.

A atitude do governador é inédita e revela coronelismo, dizem os deputados,

O assunto está dando pano para manga no Palácio Alfredo Nasser.