Briga entre Leonardo e Eduardo Costa quase acabou em agressão física em Goiânia

Ao contrário do que os cantores estão afirmando, rolou até ameaças na briga entre Leonardo e Eduardo Costa durante um encontro em Goiânia

O fato é que, embora os cantores desmintam os desentendimentos, cada dia aparece mais uma novidade sobre a briga entre os dois que acarretou o fim do show Cabaré.

Como todos já sabem, o estranhamento entre os cantores não é recente. Desde 2018, os sertanejos viviam uma relação estritamente profissional, após diversos desentendimentos nos palcos, e fora deles.

Eduardo Costa, que teria usado várias vezes o nome de Leonardo para se promover, causou vários desgostos profissionais e pessoais ao cantor veterano, que começou sua trajetória ao lado do seu irmão Leandro.

De acordo com pessoas próximas da dupla, o fim da parceria ocorreu após Eduardo Costa se envolver em diversas polêmicas, inclusive envolvendo o cantor Marrone em um processo de estelionato que responde em Minas Gerais.

Mas o que causou o rompimento definitivo dos dois ex amigos foi a realização da polêmica live “Cabaré”, transmitida no dia 1º de maio, que contou com diversos momentos de constrangimento e baixaria. Em um dos momentos marcantes da transmissão, Eduardo Costa afirmou que transaria pensando na filha da Thaeme.

Após a polêmica, Leonardo teria reunido a sua equipe e anunciado que não faria mais nenhuma apresentação ao lado de Eduardo Costa. A decisão teria sido tomada após a péssima repercussão entre os fãs durante e depois da live sertaneja.

Embora Leonardo tenha confirmado que haviam brigas apenas em função do repertório, e posteriormente Eduardo Costa tenha alfinetado o ex-parceiro afirmando que o escritório não servia para nada, pessoas próximas a eles afirmam que um dos encontros entre os cantores na cidade de Goiânia quase teria acabouo em agressão física.

Em determinado momento de uma festa, Leonardo teria partido para cima de Eduardo Costa, extremamente irritado com seu comportamento desrespeitoso com os convidados, inclusive com Poliana Rocha, mulher do sertanejo.

De acordo com testemunhas, o cantor segurando pelo colarinho e dito: “Não esqueça que enquanto você estiver no meu escritório eu sou seu chefe, e você me deve respeito”. Logo em seguida a turma do “deixa disso” separou os dois e o climão ficou insuportável nos bastidores da Talismã.

Com informações do site Movimento Country