Lombriga de 4 cm é encontrada na garganta de uma mulher após comer sashimi

Um exame mais detalhado mostrou que o bicho era da espécie parasitária chamada Pseudoterranova azarasi, com 4 cm de comprimento. A paciente relatou que estava sofrendo de dor e irritação na garganta há cinco dias , iniciada após consumir sashimi, um prato de peixe cru. O verme parasita estava vivo na hora da remoção

Ela se recuperou rapidamente depois que a equipe médica removeu o verme com uma pinça, de acordo com o estudo de caso publicado no American Journal of Tropical Medicine and Hygiene.

Os cientistas afirmaram que as infecções na faringe por conta deste tipo de parasita têm se tornado mais comuns, tendo em vista que o consumo de peixes crus vem crescendo pelo mundo. Mesmo assim, esse tipo de caso ainda é considerado incomum.

Na maioria dos casos, quando o verme infecta o ser humano, as larvas desta espécie costumam se alojar no estômago. O maior medo dos estudiosos é que vermífugos e outros remédios não costumam ser eficazes, sendo assim, a remoção precisa que ser feita de maneira direta.