Iris admite disputar reeleição: “Se for extremamente necessário, não fugirei à luta”

Ao ser questionado se vai ser candidato à reeleição, o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), afirmou que a sua intenção é não entrar na disputa eleitoral, mas não fugirá à luta se for “extremamente necessário”.

Iris voltou a dizer que se candidatou em 2016 por ver que a situação da prefeitura era crítica, com dívidas próximas de R$ 1 bilhão e déficit mensal de R$ 31 milhões. Ele ressalta que não poderia ficar omisso e por isso se colocou na última disputa.

“Tomei aquela atitude para disputar a prefeitura para consertar e consertei a prefeitura, posso dizer a vocês. Não tem um centavo de dívida, tem o dinheiro em caixa com essa crise e todas as obras estão em andamento. Se chegar a um determinado momento, se for extremamente necessário, eu não fujo à luta, mas não faz parte do meu programa hoje me candidatar à reeleição”, declarou.