Descontrole fiscal: governo Bolsonaro projeta rombo de quase R$ 800 bi nas contas públicas em 2020

O rombo nas contas do governo federal em 2020 deve somar R$ 787,449 bilhões, informou o Ministério da Economia nesta quarta-feira. Se confirmado, será o pior resultado da série histórica do Tesouro Nacional, que começa em 1997.

O déficit ocorre quando as despesas do governo superam as receitas com impostos e contribuições. Isso vem acontecendo desde 2014, mas neste ano foi intensificado, por conta das medidas de combate ao coronavírus. Antes, o pior resultado para as contas públicas foi registrado em 2016, quando o país teve um déficit de R$ 159 bilhões.

O número divulgado nesta quarta-feira faz parte do relatório bimestral de avaliação de receitas e despesas do governo. No último relatório, em maio, a área econômica estimou que o rombo nas contas públicas seria menor, de R$ 540,533 bilhões. A diferença entre as duas previsões é de 45%.

O novo cálculo considera uma retração de 4,7% para o Produto Interno Bruto (PIB) neste ano, estimativa que foi divulgada na semana passada pelo Ministério da Economia.