Um ano depois do anúncio de Caiado, Hugol não oferece cirurgias cardiopediátricas

Um ano depois que o governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou oferta de ciurgias cardiopediátricas, o Hugol continua sem o serviço. Apesar de as cirugias estarem prevista no contrato da secretaria estadual da Saúde com a OS Agir, nada aconteceu e a palavra do governador ficou desmoralizada.

O assunto é manchete no site do jornal O Popular nesta quinta-feira (23).