Bizarrices, crises com ministros e cloroquina não abalam Bolsonaro. Ele segue favorito para 2022

A pesquisa divulgada nesta sexta-feira pela Veja, realizada pelo Paraná Pesquisas, mostra o presidente Jair Bolsonaro como o favorito para eleição de 2022. Num eventual segundo turno, Bolsonaro ganha de todos; até de Lula, o pesado da direita mais radical.

Pelo menos por enquanto, a pesquisa prova que Bolsonaro tem alimentado bem seu eleitorado mais fiel. As bizarrices diárias, como oferecer cloroquina para emas, as brigas com a imprensa, as crises com ministros e até mesmo a condução polêmica na pandemia não abalam sua imagem.