Herdeiro do Grupo Jaime Câmara aparece entre gestores que tiveram contas reprovadas pelo TCE e são inelegíveis

O empresário Sérgio Camilo Câmara, um dos herdeiros do milionário Grupo Jaime Câmara, aparece na lista dos gestores que tiveram contas reprovadas e são apontados no listão de inelegíveis do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO).

Sérgio Câmara, como é conhecido, foi suplente de vereador em Goiânia e titular da Superintendência de Esportes do governo de Goiás. As contas do período em que ocupou o cargo foram julgadas irregulares pelo TCE-GO. Seu nome agora aparece no listão de gestores fichas sujas, que não podem disputar eleições nem ocupar funções públicas.

Cionfira o listão do TCE-GO: https://portal.tce.go.gov.br/documents/20181/283185/Lista%20de%20Responsáveis%20com%20Contas%20Julgadas%20Irregulares/1b8bcd7c-ac1e-49f0-9ea0-564de1f7ea84