Vereador de Guarinos é preso acusado de abusar sexualmente de adolescentes

Mais Goiás O presidente da Câmara Municipal de Guarinos, Adilsso Teodoro da Silva (Solidariedade) foi preso, nesta terça-feira, por suspeita de exploração sexual de menores de idade. De acordo com denúncias colhidas pela Polícia Civil, Adilsso, de 61 anos, abusava das menores de idade em um cômodo nos fundos da farmácia da qual ele é dono. O cômodo é também utilizado para aplicação de medicamentos. O vereador, segundo informações da delegacia de Itapaci, cobrava favores sexuais como forma de pagamento.

O crime é tipificado pelos artigos 217-A e 218-B do Código Penal e pode render, ao presidente da Câmara, de oito a 15 anos de reclusão.

A Polícia também prendeu o dono de uma oficina de bicicletas que tinha, como empregada doméstica, umas das menores que formalizou a denúncia à Polícia Civil. “Além de fazer sexo com a menor mediante pagamento em dinheiro, o suspeito fazia com que a vítima intermediasse encontro com outras menores”, diz o comunicado da Polícia.

O dono da oficina encontra-se foragido. O vereador está preso na delegacia de Itapaci.