Jovem denuncia estupro no Instagram e tem conta removida

Jornal de Brasília – A blogueira Mariana Ferrer, de 23 anos, utilizou o Instagram para denunciar um abuso que sofreu em 2018. No entanto, por determinação judicial, em um processo que corre em segredo de sustiça, a plataforma excluiu a conta dela.

Desde maio de 2019, Mariana vinha utilizando o Instagram como forma denunciar casos semelhantes ao dela. Ela relatou que foi dopada e estuprada em uma festa em Florianópolis.

“Não basta ser vítima de violência contra mulher, o homem que foi indiciado e denunciado pelas autoridades por estupro de vulnerável entrou na Justiça para remover minha conta do Instagram e silenciar a única voz que tenho para lutar por justiça”, escreveu Mariana no Twitter.

Um porta-voz do Instagram relatou ao UOL que a rede social “respeita a Justiça brasileira e cumpre decisões em conformidade com as leis aplicáveis.” Na internet, vários internautas se mobilizaram a favor da blogueira.