Sabatina na Fecomércio: Delegado Prado garante que Goiânia será capital mais segura do País

O deputado estadual Delegado Eduardo Prado, pré-candidato a prefeito de Goiânia pelo Democracia Cristã (DC), foi sabatinado nesta quinta-feira, 10, pela Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio-GO). Comprometido com o combate da corrupção e criminalidade, Prado tem debatido combate do tráfico de drogas, conclusão das obras paradas e aumento da geração de empregos no município.

Na sabatina, a primeira pergunta foi realizada pelo presidente da Fecomércio, Marcelo Baiocchi, que questionou sobre a retomada da economia na capital. Prado afirmou ser necessário realizar um trabalho em conjunto com o setor produtivo para Goiânia se tornar mais competitiva. Para o pré-candidato, a cidade não tem segurança
jurídica para que os empresários e industriais invistam na capital.

“Infelizmente, Goiânia tem uma gestão simplesmente arrecadatória. A carga tributária das cidades vizinhas são melhores. E mais: seguimos um Código Tributário de 1970, além de um excesso burocrático para tudo”, pontuou. Prado destacou que é preciso organizar e dar estrutura para o setor produtivo vir para a cidade, pois, para ele, regramento para o setor produtivo é coisa do passado. O deputado critica as leis arcaicas e a acumulação de taxas e tributos que sobrecarregam os empreendedores.

Obras paradas

Indagado sobre as obras paradas, Prado destacou que foi relator da CEI das Obras Paradas na Câmara Municipal de Goiânia e que o prejuízo de R$ 1 bi até agora faz falta em outras áreas. Segundo Eduardo Prado, na época existiam 110 obras paradas dentre Cmeis, maternidades, Casa de Vidro e outros. “Esse desperdício dos recursos públicos se deve a processos administrativos equivocados, ou seja, falha na gestão. Logo, as obras não podem ser eleitoreiras”, explica.

Segurança

Questionado por moradores sobre seus planos para a segurança pública, Prado afirmou que Goiânia será a cidade mais segura do país, já que este é um tema que domina e milita profissionalmente. Para isso, irá criar centros de apoio estratégicos da Guarda Municipal em parceria com a Polícia Militar e a Polícia Civil. A cidade inteligente proposta por Prado terá câmeras de videomonitoramento, além de aplicativos que garantem maior segurança e rapidez no atendimento a ocorrências.

Rua 44 e Centro

Para Prado, a revitalização, espaço de cultura e lazer e diminuição do IPTU são medidas essenciais para o Centro. Para ele, ninguém quer ficar no Centro pelo preço altíssimo do IPTU. Na Rua 44, propôs criar um estacionamento subterrâneo e dialogar com os informais para que se tornem formais, além de reforçar a segurança.

Eduardo Prado destacou que sua gestão, caso seja eleito, será transparente, com foco no interesse do cidadão, moderna e aberta ao diálogo. O pré-candidato recebeu elogios pela forma com que abordou Goiânia, tendo
conhecimento dos problemas e estudado soluções práticas adotadas por outras cidades.