Vanderlan tenta se explicar após áudio a favor de senador: “Não defendo corruptos”

O candidato a prefeito de Goiânia, Vanderlan Cardoso (PSD), aponta que mensagem enviada por ele em grupo de Senadores foi tirada de contexto e que ele não defendeu o Senador  Chico Rodrigues (DEM-RR), que foi flagrado pela Polícia Federal com dinheiro escondido dentro da cueca.

Vanderlan Cardoso explica que teve o objetivo de defender o Senado como instituição, já que Chico Rodrigues foi afastado do cargo em uma decisão monocrática do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso. Para o candidato ao Paço, apenas uma decisão plenária, como prevê a Constituição, pode afastar um parlamentar. Qualquer conduta irregular deve ser analisada pelo Conselho de Ética da Casa e, se comprovada dentro do processo legal, devidamente punida.