Maguito vira o jogo e assume liderança em Goiânia, diz pesquisa Diagnóstico/Sagres

O candidato do MDB, Maguito Vilela é o primeiro colocado na pesquisa eleitoral realizada pelo Instituto Diagnóstico e divulgada pela Sagres 730 nesta segunda-feira (19). Maguito aparece com 27,5% das intenções de voto, contra 25,6% de Vanderlan. De acordo com a pesquisa, o maior percentual de Maguito é entre eleitores homens e Vanderlan tem maior índice entre as mulheres. Quanto à faixa etária, o menor percentual do candidato do MDB é entre pessoas votantes mais jovens, com idade entre 16 e 24 anos.

Por outro lado, o maior índice dele é entre pessoas com idade superior a 60 anos. 

 A candidata Delegada Adriana Accorsi (PT) tem 13,9% das intenções de voto e aparece na terceira colocação. Major Araújo, candidato pelo PSL tem 3,7% e é o quarto lugar na pesquisa. Em quinto está Alysson Lima (Solidariedade) com 3,5%. Empatados com 3,2% no levantamento estão os prefeitáveis Elias Vaz (PSB) e Samuel Almeida (PROS). Talles Barreto (PSDB) tem 1,6%; Fábio Júnior (UP) aparece com 0,5%; Gustavo Gayer (DC): 0,3%; Virmondes Cruvinel (Cidadania): 0,2%. 
 
Não pontuaram na pesquisa os seguintes candidatos: Antônio Vieira Neto (PCB), Cristiano Cunha (PV), Manu Jacob (PSOL) e Vinicius Gomes (PCO). Segundo a pesquisa não votariam em nenhum dos candidatos, votos em Branco ou Nulo: 7,7% dos entrevistados. Não sabe ou não opina: 9,1%. Goiânia tem 15 candidatos a prefeito e Dra Cristina (PL) tenta judicialmente ser o 16º nome na disputa eleitoral na capital. 
 
Pesquisa Estimulada Diagnóstico/Sagres:
 
– Maguito Vilela (MDB)- 27,5% 
– Vanderlan Cardoso (PSD)- 25,6% 
– Delegada Adriana Accorsi (PT)- 13,9%
– Major Araújo (PSL)- 3,7% 
– Alysson Lima (Solidariedade)- 3,5% 
– Elias Vaz (PSB)-3,2% 
– Samuel Almeida (PROS)- 3,2% 
– Talles Barreto (PSDB)- 1,6% 
– Fábio Júnior (UP)- 0,5% 
– Gustavo Gayer (DC)-  0,3% 
– Virmondes Cruvinel (Cidadania)- 0,2% 
– Antônio Neto (PCB)- 0,0% 
– Cristiano Cunha (PV)- 0,0% 
– Manu Jacob (PSOL)- 0,0% 
– Vinicius Gomes (PCO)- 0,0% 
– Nenhum/Branco/Nulo –  7,7% 
– Não sabe/ Opina – 9,1%

O Instituto Diagnóstico ouviu 625 pessoas em diferentes bairros de Goiânia. A pesquisa realizada entre os dias 14 e 16 de outubro de 2020, já identificou os efeitos do início da propaganda eleitoral no Rádio e na TV, que começou no último dia 9, além das ações de campanha dos candidatos a prefeito de Goiânia. O levantamento foi registrado junto à Justiça Eleitoral com número de protocolo: GO-05451/2020.